Greve de pilotos e comissários é cancelada após acordo com companhias aéreas

Ambas as partes concordaram com um reajuste imediato de 75% das perdas com inflação (INPC) dos últimos 12 meses (Divulgação/Inframerica)

O Tribunal Superior do Trabalho (TST) conseguiu cancelar a greve de pilotos e comissários, que iria começar na próxima segunda (29), com uma proposta feita em mediação realizada pelo entre o SNA (Sindicato Nacional dos Aeronautas, que representa pilotos e comissários) e o Snea (Sindicato Nacional das Empresas Aeroviárias). A proposta partiu do ministro Alexandre de Souza Agra Belmonte aceita tanta por profissionais como companhias aéreas.

Ambas as partes concordaram com um reajuste imediato de 75% das perdas com inflação (INPC) dos últimos 12 meses nas parcelas fixa e variável do salário, e 100% da correção da inflação dos últimos 12 meses nas diárias de alimentação nacionais e vale alimentação de pilotos e comissários. Ficou definido ainda que a convenção coletiva de trabalho dos aeronautas será renovada na íntegra.

Com info da UOL

O Tribunal Superior do Trabalho (TST) conseguiu cancelar a greve de pilotos e comissários, que iria começar na próxima segunda (29), com uma proposta feita em mediação realizada pelo entre o SNA (Sindicato Nacional dos Aeronautas, que representa pilotos e comissários) e o Snea (Sindicato Nacional das Empresas Aeroviárias). A proposta partiu do ministro Alexandre de Souza Agra Belmonte aceita tanta por profissionais como companhias aéreas. Ambas as partes concordaram com um reajuste imediato de 75% das perdas com inflação (INPC) dos últimos 12 meses nas parcelas fixa e variável do salário, e 100% da correção da inflação dos últimos 12 meses nas diárias de alimentação nacionais e vale alimentação de pilotos e comissários. Ficou definido ainda que a convenção coletiva de trabalho dos aeronautas será renovada na íntegra. Com info da UOL

Ahorra en tu hotel - hotelscombined.es

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *