Latam Brasil deixará Chapter 11 sem dívidas e com fortaleza financeira ‘incomparável’

Roberto Alvo, CEO do Grupo Latam Airlines

Um dia depois do Grupo Latam apresentar seu plano de reorganização de US$ 8,19 bilhões para deixar a recuperação judicial nos Estados Unidos, o CEO Roberto Alvo realizou uma coletiva de imprensa para detalhar os próximos passos da companhia após uma possível saída do Chapter 11. Segundo ele, a Latam Brasil deixará o Chapter 11 nos Estados Unidos sem dívidas e com uma fortaleza financeira “incomparável”.

“O Plano contempla o pagamento de todas as dívidas da Latam Brasil. Ou seja, após o Chapter 11, nossa companhia no Brasil terá dívida zero. A fortaleza financeira da Latam no Brasil vai ser incomparável, o que nos posiciona muito bem para um crescimento agressivo. Digo que a Latam vai estar preparada para competir, vai crescer no Brasil e se tornar a empresa mais importantes no país de longe”, declarou Roberto Alvo.

“Latam vai estar preparada para competir, vai crescer no Brasil e se tornar a empresa mais importantes no país de longe”

Ainda segundo ele, a Latam Brasil tem hoje mais destinos domésticos operados no Brasil do que antes da pandemia, liderando o marketshare há pelo menos três meses. “A Latam é a companhia líder de pontualidade desde 2018, já contratamos mais de 2 mil empregados e fecharemos 2021 voando com 100% da nossa operação doméstica pré-pandemia”, disse.

De acordo com Alvo, “a aprovação do plano de reorganização por parte do Tribunal Sul de Nova York, nos Estados Unidos, deve acontecer nos próximos dois e três meses, algo que a assembleia de acionistas aqui no Chile também deve aprovar, para depois ser registrado no CVM aqui do Chile”, disse. “Fico muito feliz com o resultado desta negociação, fizemos uma restruturação operacional para sairmos muito fortalecidos do Chapter 11, com níveis financeiros e operacionais ótimos, além de um custo extremamente positivo, um dos mais saudáveis da região”, completou o CEO.

Um dia depois do Grupo Latam apresentar seu plano de reorganização de US$ 8,19 bilhões para deixar a recuperação judicial nos Estados Unidos, o CEO Roberto Alvo realizou uma coletiva de imprensa para detalhar os próximos passos da companhia após uma possível saída do Chapter 11. Segundo ele, a Latam Brasil deixará o Chapter 11 nos Estados Unidos sem dívidas e com uma fortaleza financeira “incomparável”. “O Plano contempla o pagamento de todas as dívidas da Latam Brasil. Ou seja, após o Chapter 11, nossa companhia no Brasil terá dívida zero. A fortaleza financeira da Latam no Brasil vai ser incomparável, o que nos posiciona muito bem para um crescimento agressivo. Digo que a Latam vai estar preparada para competir, vai crescer no Brasil e se tornar a empresa mais importantes no país de longe”, declarou Roberto Alvo. “Latam vai estar preparada para competir, vai crescer no Brasil e se tornar a empresa mais importantes no país de longe” Ainda segundo ele, a Latam Brasil tem hoje mais destinos domésticos operados no Brasil do que antes da pandemia, liderando o marketshare há pelo menos três meses. “A Latam é a companhia líder de pontualidade desde 2018, já contratamos mais de 2 mil empregados e fecharemos 2021 voando com 100% da nossa operação doméstica pré-pandemia”, disse. De acordo com Alvo, “a aprovação do plano de reorganização por parte do Tribunal Sul de Nova York, nos Estados Unidos, deve acontecer nos próximos dois e três meses, algo que a assembleia de acionistas aqui no Chile também deve aprovar, para depois ser registrado no CVM aqui do Chile”, disse. “Fico muito feliz com o resultado desta negociação, fizemos uma restruturação operacional para sairmos muito fortalecidos do Chapter 11, com níveis financeiros e operacionais ótimos, além de um custo extremamente positivo, um dos mais saudáveis da região”, completou o CEO.

Ahorra en tu hotel - hotelscombined.es

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *